Dragon: The Bruce Lee Story (Game Gear)

Dragon: The Bruce Lee Story (Game Gear)
Dragon: The Bruce Lee Story (Game Gear)

Dragon: The Bruce Lee Story SEGA Game Gear

Gênero: Ação
Perspectiva: Vista lateral
Visual: rolagem 2D
Jogabilidade: Plataforma
Narrativa: Artes marciais
Publicado por: Acclaim Entertainment
Desenvolvido por: Virgin Interactive Entertainment (Europe) Ltd.
Lançado: 1993
Plataformas: SEGA Game Gear, Atari Jaguar , Super Nintendo (SNES) , SEGA Genesis / Mega Drive
O jogador controla Bruce Lee e deve, entre outros adversários de Lee, derrotar um marinheiro (em uma discoteca em Hong Kong), um chef de um restaurante chinês em San Francisco e um artista marcial que o desafia. Nestas batalhas, é feita referência às principais cenas de batalha do filme. No entanto, o jogo não inclui informações valiosas sobre o enredo do filme, assim como muito do relacionamento romântico entre Bruce Lee e sua futura esposa.
Os jogadores podem usar um conjunto de socos para derrotar o oponente. A execução bem-sucedida do golpe permite que você ganhe uma quantidade suficiente de energia chi, o que possibilita o uso de técnicas especiais. O jogo é conhecido por sua complexidade: apenas jogadores experientes podem chegar aos últimos níveis e completar o jogo. O jogador tem três opções para continuar o jogo em caso de derrota, e se esgotadas, ocorre uma batalha com um Fantasma quase invulnerável (a personificação do medo de Bruce, que assume a forma de um samurai japonês de armadura). Se ele vencer, o jogador pode continuar jogando. O fantasma também é o chefe final do jogo.
Até 3 jogadores podem participar do jogo ao mesmo tempo, que podem passar pelo jogo juntos ou lutar entre si no modo de batalha. Jogadores adicionais também controlam “clones” de Bruce Lee com diferentes cores de calças.

Deixe uma resposta